Artigos recentes

Navigation

Você sabe o que é Psicopedagogia?

A psicopedagogia tem como objetivo o estudo do ato de aprender e de ensinar.
Durante o ano de 2009, estudei um pouco sobre Psicopedagogia e aqui estão algumas informações presentes no projeto final proposto pelo curso.

Psicopedagogia

A prática docente nas aulas de matemática deve valorizar o processo de desenvolvimento da aprendizagem, a afetividade, a diversidade, os muitos saberes, o espaço e o tempo do sujeito, a individualidade de cada um, a aplicabilidade cotidiana. Precisa ser observadora, planejada, flexiva, presente às evoluções no mundo, cooperativa, (re)avaliativa, favorecedora da aprendizagem. 

psicopedagogia institucional contribui muito para tornar as ações pedagógicas próximas desta prática, uma vez que visa fortalecer a identidade da instituição de ensino. Ela não só contribui na superação de dificuldades de aprendizagem, mas atua de forma preventiva, antes que pequenas situações relevadas tornem-se verdadeiros problemas.

abordagem psicopedagógica favorece o desenvolvimento das estruturas cognitivas, haja vista que viabiliza ao aluno realizar descentrações e coordenações de pontos de vista, assim como o desenvolvimento das regulações ativas ao escolher os procedimentos adequados para atingir seus objetivos.

Você sabe o que é Psicopedagogia?

Deseja saber mais a respeito de Psicopedagogia? Faça o curso Psicopedagogia no Cursos 24 horas!

Diz-se de urgência de se rever o ensino e seus instrumentos didáticos. Tem sido reconhecida a importância de tornar o ensino significativo para o aluno, de fazê-lo acessível, flexível, propiciando desenvolvimento dentro da individualidade de cada um, no seu espaço e tempo. É preciso pensar uma ação pedagógica que envolva todos os sujeitos participantes em prol da aprendizagem.

A psicopedagogia contribui no momento em que oportuniza um indivíduo à observação e interpretação do que o cerca, o exercício da paciência, a organização, o pensar em ações, o convívio afetivo e social e tantos outros.

A psicopedagogia é um campo de conhecimento em estruturação, sendo o estudo e a pesquisa dos fenômenos que concretamente ocorrem na dinâmica da sala de aula e o pano de fundo que fornece os indicadores para a ação psicopedagógica, compromissada com o processo de integração do ser cognoscente no seu movimento do saber.

A psicopedagogia tem como objetivo o estudo do ato de aprender e de ensinar, levando sempre em conta as realidades interna e externa da aprendizagem, tomadas em conjunto; procurando estudar a construção do conhecimento em toda a sua complexidade, busca colocar os aspectos cognitivos, afetivos e sociais que estão implícitos, em um mesmo nível.

O trabalho psicopedagógico resume-se na compreensão e intervenção na situação de aprendizagem das pessoas, individualmente, em grupo ou institucionalmente.

A psicopedagogia nos remete a compreender a complexidade do processo de aprendizagem; ela se constrói segundo as modalidades preventiva, clínica e teórica. Por meio do processo de avaliação ou de diagnóstico busca-se entender a realidade do sujeito que não aprende e delimitar a melhor forma de intervenção.

A contribuição psicopedagógica para a instituição está em promover mediação entre a família, a escola, o professor, o aluno, e qualquer outro segmento que faça parte da comunidade escolar. Procura-se identificar obstáculos do desenvolvimento do processo de aprendizagem, realizar intervenção, conscientizar sobre conflitos no conhecimento, dar suporte à ação pedagógica e propõe recursos preventivos.

Mais especificamente na aprendizagem de matemática, a contribuição psicopedagógica está em avaliar com maior detalhe a área de matemática nos aspectos: raciocínio matemático, cálculo, leitura de problemas e questões.

O raciocínio matemático pode ser verificado colocando desafios mais lúdicos e problemas mais formalizados, retirados de diferentes livros didático ou de situações reais e construídas a partir de propagandas, recortes de jornais e revistas. A escolha deve recair sobre a clareza do enunciado, o nível do raciocínio compatível com a idade, escolaridade e o nível operatório da estrutura do pensamento.

A avaliação do cálculo é feita em dois níveis: o cálculo mental e a execução de cálculos escritos. Na parte escrita, há inúmeros aspectos a serem avaliados: a capacidade de estruturar graficamente, a construção do algoritmo das operações, o conhecimento do sistema decimal e valor posicional dos algarismos, as propriedades das operações, a combinação das operações nos vários tipos de expressões. É fundamental se captar a relação entre cálculo mental e o executado por escrito, para ver se há coincidência ou discrepância e em que consiste.

O professor se vale do ser psicopedagogo na investigação, na construção de diagnósticos, para que sua ação pedagógica dê condições de que uma grande diversidade de nível de conhecimento, de afetividade, de relacionamento social, possam se desenvolver e suprir dificuldades apontadas nas crianças.

A atuação da psicopedagogia na instituição escolar, diferentemente do que mostra o histórico da profissão, pela hegemonia do atendimento de caráter clínico individual (diagnóstico e tratamento), é o caminho apontado por Masini (1993), para uma intervenção efetiva nos problemas escolares.

Charles Bastos

Comente este artigo:

3 comentários:

  1. Olá Xarlles, parabéns pelo blog, é com estas iniciativas que vamos melhorar a educação de nossas cidades, consequentemente de nosso País.

    Abraços

    Psicopedagoga Valeria

    ResponderExcluir
  2. Muito bom!
    Penso em fazer Pedagogia e após Psicopedagogia, para além de pleitear um cargo de coordenação ou direção de escola, ainda vai me ajudar em avaliar a aprendizagem dos alunos no meu trabalho com aulas particulares.
    Esse artigo me ajudou muito, obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por sua atenção aqui no blog Jefferson!

      Excluir