Artigos recentes

Navigation

Registros de 3 anos de aplicação do projeto Gincana Matemática

Relatório de experiências com o Projeto Gincana Matemática, aplicado por 3 anos com alunos do 6º ao 9º ano.
Depois de 3 anos em que o projeto Gincana Matemática foi trabalhado (2011-2013), é possível relatar algumas experiências que certamente contribuíram para minhas práticas enquanto professor de Matemática. O link acima indica o esboço do projeto inicial da gincana.

Um pouco do que a Gincana Matemática proporcionou


Apesar dos meus receios e de algumas leituras que minorizavam a prática da gincana em aulas de matemática, procurei estruturar várias atividades que já desenvolvia nas aulas de matemática em um projeto maior. Foram várias pesquisas, construção de regulamento, encaixe das atividades no calendário da escola, horas planejando aulas e confeccionando material de aplicação de modo que as atividades tivessem algo diferente do comum e do rotineiro e que ainda pudessem acompanhar os planejamentos de aulas dos conteúdos programáticos de cada sala de aula.

Como não procurei patrocínio no primeiro ano, acabei gastando bastante com o projeto, para os kits da premiação (camisetas, mochilas, bolsinhas, chaveiros e vários outros materiais escolares). Contei com ajuda de uma professora, que tratou de consegui uma boa quantia de materiais para os kits. No segundo ano, não foi diferente, banquei praticamente tudo. Só no último ano, que tive poucos gastos.

Nos dois primeiros anos, trabalhei independente, apenas com as turmas em que lecionava. No terceiro ano, consegui me aproximar de outra professora, que aceitou o projeto, e que ajudou na aplicação de algumas atividades. Este ano o projeto não está sendo trabalhado, não estou em sala de aula (licença para estudos) e a professora que está na escola não o continuou.

Registro de 3 anos de aplicação do projeto Gincana Matemática

Em verdade, o projeto não estava planejado para ser aplicado durante três anos. A intenção seria de revesar com outros projetos que tinha pensado ([1] Integramídia - projeto que planejava um grupo de alunos e professores que aprenderiam sobre recursos tecnológicos, estruturando práticas e repassando para outros professores e alunos; [2] Um grupo de matemática, que estudaria temas específicos da matemática e que confeccionaria objetos matemáticos para formar um laboratório de matemática). O primeiro projeto foi tema de uma especialização que conclui no ano passado, mas foi aplicado por apenas 2 meses para fins de pesquisa e o segundo projeto não foi implementado ainda.

Mas voltando ao Gincana Matemática, a estrutura e a quantidade de alunos para a segunda fase do projeto foi diferente para cada um dos três anos; isso se deu, pois procurei oportunizar maior número de alunos participando da fase final, que tem mais a característica de uma gincana, já que a fase classificatória durava praticamente o ano todo e agrupava várias atividades, algumas delas sem características de competição.

Procurei sempre organizar atividades de competição que não dependessem de sorte, que dependessem o mínimo do físico de cada aluno, mas que explorasse: a capacidade de raciocínio lógico ágil, a interpretação de situações-problemas, a aplicação da matemática no cotidiano e o trabalho em grupo. Isso foi bom, apesar de alguns alunos demonstrarem apatia, por relatarem que não tinham chance diante de outros colegas. As atividades da etapa final eram sempre uma espécie de super revisão, todas envolviam conteúdos estudados durante o ano.

Registros de 3 anos de aplicação do projeto Gincana MatemáticaTivemos algumas surpresas, como um aluno que havia sido reprovado em 2010 e que em 2011 conseguiu ser destaque em matemática, ficando entre os 4 primeiros de sua turma, e obtendo melhora evidenciada em todas as disciplinas e relatada por outros professores (certamente houveram outros fatores que contribuíram, mas um deles foi o projeto).

O projeto teve essa intenção de incentivar os alunos a estudarem, a se esforçarem, não pelos prêmios, pois no primeiro ano, eles não sabiam o que receberiam de premiação. Nos outros dois anos, houve maior interesse, inclusive foram vários os momentos em que alunos questionavam o que teriam que estudar para a próxima atividade, e relatos de alguns funcionários de que estes alunos procuravam a escola para estudarem em grupo. Participei algumas vezes desses estudos em contra-turno com materiais, aulas e vídeos da OBMEP.

É claro que tiveram alunos que pouco se interessaram para o projeto, apesar dos incentivos para participarem de forma a produtiva. Um fato importante é que durante os três anos de desenvolvimento da gincana, tivemos alguns alunos recebendo menções honrosas na OBMEP e no ano passado, uma aluna conquistou uma das 85 medalhas de bronze do estado de Goiás e está participando do PIC-OBMEP na UFG, com três dos professores que já foram meus professores na graduação. Antes de 2011, nenhum aluno na escola havia ganhado uma menção honrosa.

Musimáticas!


Uma das atividades pedidas no primeiro ano de desenvolvimento do projeto, é que na final, as equipes participantes, deveriam apresentar uma "Musimática": paródia sobre qualquer música, sobre assuntos da matemática. Os alunos apresentaram as três paródias:

Equipe Amarela: Isadora, Emanuela, Purcena

Tá nos deixando na tortura
E nos levando a loucura
Essa matéria, temos que estudar
Ela é difícil e complicada
Charles vem me ensinar

Estamos calculando, resolvendo,
As questões sem saber direito calcular
Contas e problemas são muito complicados
Se nós estudantes, desse jeito, podemos apreendererer...

É a matemática lá, lá, lá, lá...
Que é complicada lá, lá, lá, lá...
Com raiz quadrada lá, lá, lá, lá...
Mas temos que estudar...

(repete)

A matemática pode até ser normal,
Mas se não estudarmos podemos nos dar mal
Em período de prova fico sempre muito anciosaaaaa....

Equipe Azul: Rafaela, Bruno, Tainara

Geometria,
Equação,
Divisão,
Estudar de montão,
Pra tirar um notão.

(repete)

Êi vamo aprendê,
quero sim, gostei de ver
Êi vamo estudar,
arah, estudar o quê?

Geometria,
Equação,
Divisão,
Estudar de montão,
Pra tirar um notão.

(repete 4 vezes)

Êi na minha sala, vamo estudar,
Vem a prova e o bicho vai pegar,
Subtração, divisão.. é dez ou não?

refrão (repete 3 vezes)

Êi tem dois problemas e aí vai arrasar?
Com a fração a gente chega lá...
Resolução é fácil ou não?

refrão (repete 3 vezes)

Equipe Vermelha: Nayane, João, Stefanny

Hoje eu fui no mercado
Comprar bala e batom
Pra mim e pro meu irmão
Na soma eu sou bom
3 + 2 = 5
A adição foi essa
5 - 2
É a operação inversa

Lá na escola eu aprendo calcular
Números e letras me fazem pensar
Diminuir, somar
Dividir e multiplicar

Enormes rabiscos de tanto tentar
Pra finalmente conseguir encontrar
Desenhos, letras e também um tal de pi
pi, pi, pi, pi, ...
3,14 é isso aí
pi, pi, pi, pi, ...
A matemática é isso aí

Se você estudar
Vai aprender a calcular
E depois pra formar
Uma profissão
Você vai encontrar.

Lá na escola até matemática é isso aí...
Lá na escola com o professor até encontrar...


Charles Bastos

Comente este artigo:

3 comentários:

  1. aneim eu num fui mais tem nads não o ano q vem eu vou tentar esdatudar direitinho pra tentar ir tah fessor.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Professor Charles pela sua organização e dedicação...

    Obrigado por tudo...

    ResponderExcluir
  3. Professor apesar deu ter ficado muito nervosa foi muito bom ter participado da gincana.Espero que ano que vem participo novamente.

    Um abraço!

    ResponderExcluir