Artigos recentes

Navigation

Algumas possíveis respostas do porque criei um blog!

Conheça um pouco mais sobre o blog TICs na matemática

Esta postagem reúne alguns textos que descrevem um pouco sobre o blog. Os textos foram escritos e postados separados, mas agora procurando melhorar a qualidade do conteúdos disponibilizado, os reescrevi e e agrupei.

Algumas possíveis respostas do porque criei um blog!

Por que Criei um Blog?


Na verdade não criei um blog, criei alguns... Blog relâmpago, blog ferramenta complicada, blog meu, blog grupo, blog ensaio, blog, blog, blog...; Mas este blog, porque criei?

De repente me veio essa pergunta. E ela surgiu outras vezes. Quase sempre respondi o mesmo; algumas pequenas alterações em cada versão!

Criei o blog porque já quis ser escritor, já quis ser jornalista, ou pensei que queria; ainda não sei o que quero ser quando crescer.

Meus primeiros registros na web datam do início de minha graduação em matemática em 2002, quando nas aulas de informática criei meu primeiro e-mail Yahoo. Foi aí também que surgiu o nome Xarlleslb. Toda combinação do meu nome que tentava já existia ou não era aceita, foi então que pensei em escrever o nome de um modo diferente, que eu pudesse usar em praticamente todos os serviços web sem a necessidade de adicionar algo que não queria.

Mas então. Procurava conteúdo sobre Latex (um software de edição matemática) para auxiliar na organização dos artigos da aula. Foi quando percebi que muitos sites que tinham tinham informações sobre o tema eram registrados no GeoCities e à minha conta Yahoo eu poderia associar meu próprio site. Foi uma bagunça, códigos e objetos misturados, início e término por algumas vezes até que desisti.

Anos depois, criei um blog aqui no Blogger, hoje ele me serve de depósito de imagens. Tenho um blog no Wordpress, agora apenas um redirecionamento, plataforma com poucas ferramentas livres. E por fim, este blog surgiu no final de 2010. Na verdade ele não seria criado, ficaria com o blog do depósito de imagens, mas ele estava associado a um e-mail do antes Hotmail, e eu não queria mais utilizar o serviço. Não consegui, ou não era possível, alterar o e-mail para uma conta Gmail. Criei o Blog, um nome assim porque não tinha um foco de conteúdo, não tinha uma temática, queria escrever...

Criei um blog...
Mas vamos à resposta para a pergunta.
Criei um blog, porque era um modo de registrar e partilhar um pouco do que faço.
Criei um blog, porque vivi e vivo muitos vícios e erros no ensino de matemática, e quero perdê-los.
Criei um blog, porque a matemática é prática, a matemática é teoria; ela é muito esperada para a prática, e pouco disso se ensina.
Criei um blog, porque a matemática é vista como um "bicho de 7 cabeças" e ela não é.
Criei um blog, porque sempre encontro bons textos para ler ou para estudar em blogs.
Criei um blog, porque é satisfatório ensinar e aprender com os outros.
Criei um blog, porque um dia quis ser escritor.
Criei um blog, porque não sou bom a ponto de um escritor, mas gosto de escrever.
Criei um blog, porque é um modo de me manter estudando.
Criei um blog, porque queria ser percebido de algum modo.
Criei um blog, porque vivo muito na web.
e mais...

Para criar um blog e o manter, com o conteúdo que mantenho é preciso estar pronto para erros e críticas. para o pouco acesso, para não ter público ou para ter. Mas vou com calma, é importante, mas não superior... O mais importante é manter o registro de um pouco do que vivo, vamos aprendendo aos poucos e quem sabe ensinamos.

Alguns Ensaios Para Escrever


Não me recordo ao certo, quando me veio a vontade de escrever. As primeiras vezes que ensaiei, foram ainda no ensino fundamental, um caderno capa dura, envolto com plástico colante, imagens tais como crianças em campo numa linda fotografia, pequeno,... A proposta de um diário.
Com ele o descontentar de escrever forçado, a vergonha de ter que ler sobre um final de semana comum, e a alegria dos primeiros versos para uma professora querida, "Teu nome, Catarina". Infelizmente, não me recordo todos os versos do poema, que homenageava a professora de matemática, na sétima série.

"És um doce de menina,
Teu nome, Catarina.
Tens um cheirinho de flor,
Como o mais lindo amor."

O caderno se perdeu, após alguns primos tê-lo visitado. Vieram alguns ensaios diferentes, já no ensino médio; uma pequena parte da história, em que mais valia o que escreviam de opinião, que datas e nomes (revoluções). Algumas escritas, não devolvidas, para aulas de literatura e de língua portuguesa. Tentativas de recuperar estas escritas não faltaram. Um roteiro e sua encenação, a partir do tema: "O homem que virou fumaça". Depois disso, este blog e o conteúdo que ele abriga.

Fui Tagueado

Fui "Tagueado" no blog Vivendo entre Símbolos. Vamos lá então... Respondendo e repassando!

1) Qual o motivo do título do seu blog?

Quando dos meus primeiros contatos com um e-mail, fui criar o meu Yahoooooo... e todo nome que escrevia estava em uso e as sugestões não me agradavam, resolvi pensar um nome que pudesse utilizar na web e que dificilmente existisse outro, - até hoje não encontrei -, ficando então o Xarlles (meu nome com alterações X ao invés de Ch e um 'eli' a mais) com acréscimo de lb, iniciais do sobrenome (Lourenço Bastos). Então, ao criar o blog, não queria um nome restrito em um campo, mas um nome que refletisse um pouco do que faço, resolvi manter uma quase logo Xarlleslb. Uma escolha de nome não muito feliz, pois ele não tem proximidade com o conteúdo do blog e não é simples de lembrar. Futuros blogueiros, aconselho estudarem sobre blogs antes e isso facilitará muito sua vida e a visibilidade do seu blog. Se você for criar um blog na plataforma Blogger, aconselho que confira os artigos do Gerenciando Blog.

2) Qual a finalidade do seu blog?

Procuro disponibilizar algumas de minhas produções, não buscando reconhecimento (isso não é ruim, mas não me preocupa). Quero partilhar o pouco que experiencio,... e então surgem assuntos da matemática, da formação continuada (inclusão, mídias, prática do professor) e alguns textos livres. A finalidade maior é então o registro de minhas produções ou reproduções e a partilha disso na web, procurando contribuir com o leitor.

3) A quanto tempo você tem esse blog?

Em verdade, esse blog já teve vida sob outro endereço, mas com um e-mail que não mais utilizo (hotmail), quando então optei por um novo e-mail, não havia a possibilidade de troca da conta. O blog neste novo link, data de julho de 2010.

4) O que você mais gosta de fazer quando está online?

Permaneço na web, quase sempre trabalhando, pesquisando assuntos que contemplem os meus planos para a prática didática; mas não me desligo das redes sociais, atualmente as que mais movimento são o Facebook, o Twitter e o Google+.

5) Você reformula suas postagens antigas? Ou uma vez postada você não mexe mais?

Já foram mais de 100 postagens, o tempo é pouco e fica difícil lembrar dos temas... mas vez ou outra, quando necessito recorrer a algum tema já escrito, verifico, atualizo links, faço uma nova leitura e quase sempre me pego alterando ou acrescentando algo. Está postagem é um exemplo de reformulação.

6) Você costuma visitar os blogs dos seus seguidores?

Sim. Visito, tenho algumas ideias para novas publicações ou para meu trabalho e projetos. Costumo divulgar, deixar um 'mimo' e às vezes faço algumas referências...

7) Você visita os blogs dos seus parceiros?

Sim. Praticamente todos os dias. Gosto de bisbilhotar. Fico feliz quando percebo que uma opinião minha foi válida e que pude ajudar.

8) Com que frequência você posta em seu blog?

Não tenho uma rotina de postagem. Não fico procurando 'ou isto ou aquilo'... quase sempre que posto é sobre algo que vivenciei antes. Seleciono algumas coisas que acredito serem produtivas e  mais um post. Não tenho muito tempo para me dedicar à pesquisa, leitura e escrita específica ao blog... Agora em 2014, tenho me dedicado mais ao blog, criado publicações específicas para ele; um exemplo disso é o acerto em criar as planilhas no Excel, que têm me rendido bons comentários e aprendizado.

9) Quais suas fontes de pesquisa para criar uma postagem em seu blog?

Me apego aos parceiros blogueiros, livros, revistas, ambientes virtuais.

10) Qual seu maior sonho para seu blog?

Na verdade não é bem um sonho, mas pretendo que meu blog possa continuar sendo cada vez mais útil aos leitores.


Parceria

Li um post em certo blog, que elenca razões para parcerias não serem boas. Praticamente todos eles remetem à parceria como oportunidade de aparecer, de notório sucesso, de depósito de propagandas... Não vejo aqui, a parceria tão só como meio de ampliar o contador de visitas, mas principalmente, como meio de expandir uma rede de leitores que podem apreciar e fazer bom uso dos posts que escrevo.

Fico grato por ter me alertado para outras oportunidades quanto à parceria e nestes dois últimos meses conquistar cerca de 25 deles. A grande maioria, visitou, comentou, e contribuiu com conteúdos em seus blogs, aos quais retribuí algumas leituras e comentários. Alguns ainda deixam um oi e um link, outros desaparecem, infelizmente vamos atualizando nossas parcerias ou divulgações e seguimos na busca de bons leitores.

Contentei-me ainda por três super parcerias, o blog Vivendo entre Símbolos, por um garoto inspirador, coisa rara ultimamente, que se demonstra estudioso, dedicado e atencioso, e que tanto tem contribuído com este blog; o blog Educadores Multiplicadores que me permitiu ampliar a rede de parceiros e conhecer novos blogs e o blog União dos Blogs de Matemática, o primeiro blog ao qual me associei e pude obter fontes riquíssimas de leitura sobre a matemática.

Se o intuito único da parceria for em conquistar números... não é preciso parceria, configure seu contabilizador para registrar os acessos de sua máquina, e vá acessando seu blog todos os dias, por algumas milhares de vezes e você será top... Pensa, uhuuuuuu!!!

Do contrário, parcerias compensam, cabe apenas dedicar-se à leitura, aos comentários (produtivos) e um pouco de cordialidade.

Charles Bastos

Comente este artigo:

6 comentários:

  1. Olá Charles... Muito bom esse post... Queria agradecer os elogios feitos a minha pessoa e agradecer mais uma vez por termos feito essa parceria tão ótima que me fez conhecer uma pessoa que além de parceiro tornou-se um grande amigo meu no mundo online... Creio que fazer parcerias seja isso, fazer amigos, citar os trabalhos desses amigos ,se necessário, reconhecer o valor de cada uma dessas pessoas... Desejo para você todo o sucesso do mundo com seu blog e que continue com esse projeto super importante que é o Xarlles Blog...

    Att. Romirys Cavalcante, autor do blog Vivendo entre Símbolos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh... Mulek, aproveita esse teu pensamento pra frente, continue lutando por teus sonhos,...
      Como Freire, é preciso na educação Sonhar sonhos possíveis, e com jovens que sabem compreender o seu tempo, com espaço para o aprender e o ensinar, todos os sonhos possíveis na educação tornam-se realidades.
      A maior falta na educação talvez esteja justamente nisso... dedicação, foco, compreender a necessidade do ensinar-aprender, dos sujeitos envolvidos (professores, alunos, família,...)

      Excluir
  2. Olá Charles, felicidades!

    Multiplicador, é como você bem disse, a parceria com E.M. oportuniza novas e boas parcerias, onde o foco maior não é gerar números para os parceiros, mas o que relatou o também Multiplicador, Romirys, é fazer amigos e reconhecer o valor de cada uma dessas pessoas.

    O grupo Educadores Multiplicadores agradece pelo seu apoio e confiança.

    Irivan

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito desse post também, Charles.
    Aproveitarei a dica e me associarei ao União dos Blogs de Matemática (UBM).
    Obrigada pelo comentário sobre minha exposição hoje no Educadores Multiplicadores.
    Rosana Rodrigues

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Charles pelo Post!!! ficou ótimo. Uma excelente reflexão.

    ResponderExcluir
  5. É muito bom perceber que há quem reconhece nossos projetos.
    Este blog já foi muito repensado e por vezes parou...
    Felizmente, já faz um bom tempo que ele vem se reformulando e conquistando alguns leitores.
    Este é um projeto de registro... Registro de meus estudos (ensinar e aprender), sobre o que leio, o que vejo, o que percebo...
    Muito obrigado por acreditarem em mim. Espero continuar com a honrosa presença de todos vocês neste novo ano!

    ResponderExcluir