Artigos recentes

Navigation

O Profmat obteve nota máxima, mas ainda tem o que melhorar!

PROFMAT - pós-graduação stricto sensu para aprimoramento da formação de professores de Matemática da educação básica.
Não faltam artigos referenciando o ótimo resultado da primeira avaliação do mestrado, indicando "excelente qualidade acadêmica e científica do Profmat" (Portal Brasil). 

O Profmat obteve nota máxima, mas ainda tem o que melhorar!


Profmat, mestrado profissional em Matemática em rede nacional


O Profmat aplicou o 4º ENA (Exame Nacional de Acesso) em 2014, e com milhares de professores aguardando resultado para início das aulas da 4ª turma. Todas as unidades da Federal abrigam o curso que está em 66 instituições de educação superior, sendo 84 polos da UAB (Universidade Aberta do Brasil).

O mestrado oferece um mínimo de 80% de vagas para professores que lecionam matemática nas redes públicas da educação básica. Até ano passado, foram 7.411 matrículas, sendo que 1.426 formaram, 2.880 estão estudando e nos próximos dias, outros 1.575 professores estarão realizando matrículas para as turmas de 2015. As inscrições a cada ano para participar do processo seletivo variaram entre 16 e 20 mil inscritos.

O Profmat tem em sua coordenação representantes de algumas instituições como SBM, UFRJ e IME. Este mesmo formato do programa foi autorizado para a área de Letras (ProfLetras, coordenado pela UFRN), de Física (coordenação da SBF), de artes (ProfArtes, coordenado pela Udesc), de História (ProfHistória, pela UFRJ) e em administração pública (ProfiAp, coordenado pela Andifes). 

A evasão está abaixo de 10%, e o que evidencia a grande diferença entre o número de matrículas e o números de alunos que formaram ou estão estudando (3.105 estudantes), é o EQN (Exame de Qualificação Nacional), que este ano a primeira aplicação está datada para 7 de março. O EQN é um exame em que os alunos que foram aprovados na 4 primeiras disciplinas (disciplinas de nivelamento) são automaticamente inscritos e precisam obter um mínimo de 50% de aproveitamento de uma prova nacional contendo 8 questões das disciplinas: MA11 - Números e Funções, MA12 - Matemática Discreta, MA13 - Geometria e MA14 - Aritmética.

O EQN é permitido ao estudante duas vezes no mesmo ano (intervalo de 4 meses), não sendo aprovado nestas duas vezes, e ele pretendendo continuar estudando, precisará realizar o processo seletivo novamente, ser classificado, e então cursar novamente o mestrado. Alguns polos, dependendo do currículo do aluno, aproveita algumas disciplinas, comumente o estudante terá que cursar todo o mestrado novamente.

São nove disciplinas, quatro delas de nivelamento, as citadas anteriormente, uma de curso de verão (realizada de janeiro a fevereiro, normalmente a disciplina MA21 - Resolução de Problemas, dita pelo coordenador de polo como sendo preparatória para o EQN) e ainda outras 4 disciplinas em que duas delas começam logo após a primeira aplicação do EQN, estas escolhidas dentre algumas disponibilizadas pelo programa, por cada IES (Instituição de Ensino Superior).

Bom, estas descrições em quase totalidade estão disponíveis em alguns sites, como o do Profmat, ou outros do governo e aqueles que acompanham fatos relevantes da educação; mas enquanto estudante do curso percebo que há muito ainda por melhorar ao menos no polo em que estou matriculado (Goiás, polo UFG-Goiânia). Algumas características que poderiam ser melhoradas (principalmente, as duas primeiras) são:
  • Alguns professores no sábado (dia das aulas presenciais no polo, a partir de 2015 todos com aulas na sexta-feira), não sabem qual o conteúdo está previsto para aquela semana; falta preparo de aula. Alguns professores simplesmente passaram o tempo de 3 horas (duração de cada aula no sábado) 'enrolando', não há foco em direcionar o aluno naquilo que ele precisa estudar ou em esclarecer suas dúvidas. Tivemos quem reproduziu parte do conteúdo no quadro tal como a leitura no livro, fora disso nenhum questionamento soube responder; e quem até demonstrava ótimo domínio de conteúdo, mas já chegava questionando qual o conteúdo daquela semana.
  • O uso da plataforma Moodle que é praticamente um depósito de conteúdo e que mesmo assim não disponibiliza o conteúdo adequadamente; nenhuma disciplina teve todo o conteúdo disponibilizado, houve disciplina que praticamente não teve conteúdo na plataforma; professores e tutores (em sua maioria) não retornam às dúvidas dos estudantes, houve quem nem mesmo acessou o ambiente. Neste sentido, não vejo necessidade do uso do ambiente!
  • Não há clareza quanto ao direito à licença para estudo dos professores, muitos colegas ainda não conseguiram a licença e por necessidade trabalham em mais de uma escola, tendo pouco tempo para dedicar ao conteúdo (de nível não tão difícil, mas muito extenso) e às listas de atividades.
  • Os livros elaborados como coleção do Profmat têm ótimos conteúdos, mas precisam de melhor tratamento seja na qualidade do material (papel utilizado para impressão) ou na revisão do conteúdo que apresenta alguns erros (figuras não relacionadas com o conteúdo, escrita e numeração incorretas).
  • Como há certa demora da loja da SBM em repassar os livros adquiridos pelos estudantes, poderia ser indicando com maior antecedência as referências bibliográficas utilizadas nas disciplinas do 2º ano do curso.

Contudo agradeço pela oportunidade em estar cursando o Profmat, que já me oportunizou aprender e rever muitos conteúdos; que apesar dos atrasos tenho recebido a bolsa que auxilia na aquisição de materiais, no deslocamento até o Polo. Acredito que o curso eleva a qualidade de inúmeros professores que estão atuando nas escolas de todo o pais, oportunizando formação continuada para uma maioria que não teria condições (sejam financeiras ou de espaço/tempo) de cursar. Por estes dias, estamos cursando a disciplina de verão, há pouco mais de 1 mês do 'temido' ENQ.

Uma pergunta foi aberta em 3 grupos relacionados ao Profmat (dois deles PROFMAT 2014 e o PROFMAT BRASIL), questionando sobre o que em cada polo, os alunos percebem ser necessário melhorar a qualidade, neste questionamento foram adicionadas algumas alternativas como sugestão de resposta e a possibilidade de comentários, alguns dos retornos foram por ordem de maior para menor apontamento:

  • 1º) Melhoria na qualidade das aulas presencias;
  • 2º) Formato do mestrado quanto ao processo avaliativo referente às 4 primeiras disciplinas e ao ENQ;
  • 3º) Melhoria na qualidade dos livros de referência e no preço atribuído a eles. Os livros de referência apesar de serem de ótimos autores, apresentam vários erros de escrita e o papel de impressão é muito liso e se suja muito, e ainda, as impressões se apagam com facilidade;
  • 4º) Melhoria na qualidade dos professores não quanto a titularidade, mas quanto ao modo de direcionarem as aulas, sem qualquer planejamento;
  • 5º) Uso do ambiente Moodle, que praticamente é um depósito de conteúdos e vídeos, quase sempre postados de modo atrasado. Não são feitos retornos dos tutores e professores aos alunos.

Mas ao mesmo tempo, muitos professores relataram estarem agradecidos pela oportunidade de cursar um mestrado, de que têm aprendido muito, e que isso tem enriquecido suas aulas. De que apesar dos atrasos, a bolsa ajuda na compra dos livros (apesar de que os grupos do Profmat no Facebook terem adquirido considerável acervo) e principalmente no custeio do transporte (muitos se deslocam por longas distâncias), da hospedagem e da alimentação, todos os finais de semana para assistirem às aulas nos Polos.

Agora, em 2017, sai um relatório sobre o PROFMAT, acesso o arquivo e conheça um pouco mais a respeito do Programa.

Charles Bastos

Comente este artigo:

3 comentários:

  1. Olá Charles, que 2015 seja de boas realizações para você e toda sua casa!

    Seu site está muito bem organizado, parabéns! Obrigado pela parceria!

    Multiplicador, estamos aqui em nome dos Educadores Multiplicadores, pois estamos precisando de sua ajuda para alargar as fronteiras do conhecimento e encurtar a distância entre os educadores.

    Ajude-nos a conhecer novos trabalhos, fazer novas e boas amizades, todos nós ganharemos. Gostaríamos que convidasse 2 ou 3 blogs de sua lista de professores para fazerem parte da Família Educadores Multiplicadores.

    Ah, educador não esqueça de atualizar/adicionar o nosso banner de parceria em seu blog, isto é muito importante.

    Certo de sua compreensão, agradecemos em nome de todos os Educadores Multiplicadores. Visite-nos! Contamos com você! Fiquemos na Paz de Deus e até breve.

    Irivan Rodrigues

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber se tem algum curso preparatório para o Profmat 2016 on line.
    Abraços,
    César

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Creio que existam alguns cursos preparatórios sim... Acompanho vários grupos no Facebook e em alguns existem ofertas de cursos. Você poderia procurar por estes grupos na rede social e adicioná-los, pode ser que você encontre um curso...

      Excluir